Bonde da Stronda - O Poder do Patrão

Publicado em 3 Ago 2016
Videoclipe Oficial da música "O Poder do Patrão" do Bonde da Stronda.
@diegothug & @lionschulz
www.bondedastronda.net
Diretor: Guilherme Ferreira, Uriel Calomeni Produtor Executivo: Uriel Calomeni Roteiro: Guilherme Ferreira Diretor de Fotografia: Fernando Fernandez Diretora de Arte/Figurino: Carolina Albizzati Elenco: Henrique Britto, Jéssica Lima, Manuela Portugal Maquiagem: Paula Kadija, Arthur Figueiredo Logger: Alberto Nóbrega Montagem/Color Grading/FX: Guilherme Ferreira Realização: Sharkk Films, 2N Music, ZeroUm Records Apoio: Sri Clothing, Bros Films, Fosfobox
Produção Musical: Dennis
Beat: Young Forever
Composição: Mr. Thug
Álbum: SINGLE - O Poder do Patrão
Gravadora: 2N Music & ZeroUM Records
CONTATO/SHOWS:
(21) 3256-5320 (Escritório)
(21) 96921-0801
(21) 96703-5605
(21) 7817-4383/46* 17954 (Nextel)
shows@bondedastronda.net
LETRA:
São várias bebidas por metro quadrado
Meu mano comigo invadindo o mercado
Muda o cenário
Trazendo o sonho de quem tá de lado
E eu to no páreo
Corri pra caralho, corri pra caralho
Quero minha vida pro alto
Cortando esse asfalto de nave do ano neguin
Quando me vê da janela
Voando num jato com banco de couro, marfim
Nem te avisei que eu já vim
De onde ninguém botava fé em mim
Agora é assim, din, vários verdin, sim
Minas no meu camarim
Num tô sozin, não
Vários na minha contenção
Já que foi dada a missão
Respeita o poder do patrão
Lindas mulheres
Elas preferem quando a balada estremece
Tempo que esquecem
Todos os problemas que te enlouquecem
Mina então desce
Esquece essa bad
Enquanto meu mano me traz outro black
Se você soubesse
Como minha vida é movida de estresse
To muito bem agora pra me preocupar
Minhas noites são mais calmas nesse meu lugar
Ninguém pra sugar
Uma dúzia de mano fazendo girar
To pronto pro jogo com a vida prestes a mudar
Problema de quem criticar
Diz que eu não valho nada
Mas meu bonde tá na estrada
Sou frente da minha área
Tem respeito quem trabalha
São várias bebidas por metro quadrado
Meu mano comigo invadindo o mercado
Muda o cenário
Trazendo o sonho de quem tá de lado
E eu to no páreo
Corri pra caralho, corri pra caralho
Duas noites sem dormir
Minha cabeça vai explodir
Quantas vezes?
Tantas vezes me vejo partir
Ir, cidade em cidade
Lugares nessa minha viagem
Hoje eu só chego mais tarde
To criando a firma, mudando o conceito
Grana to fazendo e fazendo direito
E elas me pedem
Droga, drink, preferem
Choram, falam o que fere e o que quiserem
Balançando o frasco
Fala mais baixo, fala mais baixo, fala mais baixo
Deixa que o resto eu faço
Eu quero o melhor pra viver no meu mundo
O que eu ganho já dá pra você e eu
Fim desse assunto
Sou o rei da minha bancada
Responsa aqui é dobrada
Tem mil princesas me esperando
Nessa madrugada
Diz que eu não valho nada
Mas meu bonde tá na estrada
Sou frente da minha área
Tem respeito quem trabalha
São várias bebidas por metro quadrado
Meu mano comigo invadindo o mercado
Muda o cenário
Trazendo o sonho de quem tá de lado
E eu to no páreo
Corri pra caralho, corri pra caralho

Comentários